DIVERSIDADE CULTURAL E A MÚSICA 1

Começo aqui a postar uma série de artigos a respeito da diversidade cultural manifestada através da música.

Começaremos viajando para a Mongólia. Apesar de ser o 19º maior país do mundo, a Mongólia é escassamente povoada. Ela possui apenas 3 milhões de habitantes. A maior parte da população (38%) está concentrada na capital Ulan Battor.

Em se tratando de cultura, precisamos destacar a característica nômade ou seminômade de sua população. O que os torna uma sociedade organizada em torno das relações familiares.

A importância dada ao cavalo, sendo a Mongólia o único país onde o número de cavalos supera o de pessoas. O cavalo exerce função essencial no que toca o transporte e também no fornecimento do leite. O leite de égua é bastante rico em nutrientes (açucares).

Ainda assim, a alimentação é bastante deficiente em nutrientes, de modo que grande parte da população se encontra desnutrida. Isso se deve, em grande medida ao clima que impossibilita culturas de subsistência como as observadas em outras regiões do mundo.

Um dos alimentos mais representativos do país é a manteiga de leite de iaque. O chá de manteiga é largamente consumido em algumas regiões da Ásia, incluindo Mongólia.

butter-tea-tibetan

Quanto às características musicais, precisamos destacar o instrumento símbolo da Mongólia, o morin juur.

250px-Mongolian_Musician

Outra característica importante é a capacidade de se cantar dois tons musicais ao mesmo tempo, o chamado canto polifônico.

 

Todas essas características você pode ver no vídeo abaixo.

No vídeo abaixo, explora-se mais características do povo e sua diversidade:

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑